1.4.        DA CRIAÇÃO DE ANIMAIS E PLANTAÇÕES

Art. 19.  Somente será tolerada a criação e manutenção de  animais de características rurais tais como, ovinos, bovinos, suínos,  eqüinos e caprinos, quando confinados a suas unidades.

Art.  20.  Não  é  permitida  a  condução  dos  animais  pelas  alamedas  do  CONDOMÍNIO  sem a  prévia  anuência  da  Administração,  exceto animais de montaria, quando utilizados pelo proprietário ou familiares a título de equitação.

Art. 21.  Não será permitida criação cujos dejetos provoquem mau cheiro, atraiam moscas ou mosquitos, causem mal estar ao seu  vizinho e de alguma forma, possam efluir  para a lagoa, para as nascentes ou para unidades vizinhas, ainda que carregados pela  chuva ao lençol freático.

Parágrafo único.  O CONDÔMINO criador deverá apresentar na administração o plano de recolhimento dos dejetos para obter a  licença para a criação, sem o que não lhe será permitida a atividade.

Art. 22.  Não é permitido o uso de agrotóxicos de qualquer natureza na área do CONDOMÍNIO, seja nas unidades autônomas ou  nas áreas comuns.